As crianças menores de três anos de idade podem apresentar quadros de chiado e tosse recorrentes, muitas vezes diagnosticadas como portadoras de asma de forma precipitada.

Apesar de poder ter seu início em idades precoces, é importante diferenciar a asma de outras doenças com quadros clínicos semelhantes, mas com tratamentos diferentes, entre elas, malformações respiratórias, fibrose cística e aspiração de corpo estranho.

Diante de qualquer lactente com tosse e chiado recorrentes ou até mesmo contínuos, a avaliação de especialista em doenças pulmonares pediátricas deve ser solicitada pelo pediatra que acompanha a criança desde o nascimento, para que juntos, o pediatra geral e o especialista tracem a melhor estratégia de tratamento para o lactente.